terça-feira, 25 de março de 2014

Vários Mundos

Mal anuncia o sol o novo mundo,
suspende o calor ao ar os restos do outro:
aromas indigestos, podridão adocicada,
restos e expurgos de outros bichos, de outras vidas.

O novo denuncia o morto,
toma-lhe as sombras,
revela os atrasados que rastejam
azedos, lambuzados e mutilados,
para os buracos de onde saíram.

Vêm-se os novos,
tão iguais e tão piores
desviando passos e olhares,
pensamentos e suspiros,
derramando asco e descaso.

Vão-se os outros,
fervilha o mundo novo,
sorrisos e cores o cobrem,
bolsos e barrigas se empanturram,
egoísmo e arrogância o inundam.

Mal anuncia a noite o outro mundo,
vão-se às pressas estes novos,
a fugir daqueles velhos
que saem inflamados e sedentos [novamente]
pelos restos sujos e migalhas azedas
que lhes sobram destes vários mundos.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Daqui de Onde Vejo

Daqui de onde vejo passam casais,
Passam crianças e passam adultos,
Passam sorrisos e passam gentilezas,
Passam o sol e passam as chuvas.

Passam as vontades por “nãos” perseguidas
Da compreensão, nunca pedida, não passam nem as sombras
Da aceitação, princípio da existência plural, nem os vultos passam.

Ficam o amargo de sonhos engolidos a empapuçar a garganta,
E a impotência de descasos concedidos pelas turbulências da vida,
Fica o descompasso do cansaço da incessável busca pela saída,
Vão-se as forças e a saúde, que outrora foram tratores que tudo moviam.

Pairam as mentiras, borbulham as decepções.

De olhares amistoso e tímidos, ficam as súplicas veladas,
Das feridas que vazam entristecidas, ficam os ressentimentos de suas causas.

Daqui de onde vejo passam nuvens
Passam pássaros que há muito não são os mesmos.
Passam as mágoas e ficam as unhas encardidas e o cabelo desgrenhado.

A janela continua aberta, mas não há porque saltá-la.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Doe seu Dinheiro pra Mim!

Olá Pessoal!

Aproveitando o momento de união e solidariedade financeira já tão comprovadas (e comprovando) via blogues do acusados do Mensalão (ou AP-470, como preferirem), venho a vocês pedir gentilmente que me doem o seu dinheiro!

Isso mesmo, estou pedindo que me deem o seu dinheiro; vejam, não estou pedindo TODO o dinheiro de vocês, apenas uma parte que vocês achem justa.

Com esta doação, vocês estarão realizando sonhos (meus é claro) e fazendo pessoas felizes (minha família), além de poderem deduzir do imposto de renda.

Sei que esta é uma relação de confiança, assim como confio na doação de vocês quero demonstrar a transparência da minha parte. Por isso, listo abaixo os principais investimentos que farei com dinheiro que receberei de vocês:




Habitação


 Transporte


 Laser



Alimentação








Doem-me o seu dinheiro! É um simples gesto de solidariedade que representa muito para mim!

Obrigado!


quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Como Galinhas

Dia após dia,
Curva após curva,
Fechada após fechada,
Cada vez mais [nunca menos, nem igual]

Temos seguido alheios à nossa pluralidade
Vivenciando apenas a unicidade própria
De vontades e desejos
Sem rumos, para todos os caminhos.

Nos atropelamos,
Nos sobrepomos,
Nos enfartamos,
Nos matamos,
Feitos galinhas.

Tempos áureos aqueles em que éramos apenas gado,
Tangido apertado, mascando amarguras,
Juntos.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O Corneteiro


Você está ficou sabendo das últimas notícias de 1ª a 5ª categorias?  Não? Fique tranquilo, "O Corneteiro" te conta...


"O Corneteiro" é um agregador de notícias que é publicado em forma de um jornal eletrônico que eu administro. Ele consolida diversas fontes de informações de vários tipos, incluindo, principalmente, o meu twitter. Quem publica no meu twitter, com certeza será selecionado nas edições de "O Corneteiro".


Este é um experimento que estou fazendo e convido vocês a conhecerem. "O Corneteiro" é publicado uma vez ao dia com as melhores e piores notícias no momento. Esta publicação é feita na própria página do jornal e no twitter. Diversos amigos já foram referenciados e estão aumentando o alcance dos seus tweets.

Conheça "O Corneteiro", siga, divulgue, participe!